Onde nasce a inspiração?

 

onde_nasce_a_inspiracao.jpg
A cada dia que passa, as pessoas estão à procura de novas fontes de inspiração, não apenas para criar e produzir profissionalmente, mas também como fonte de alegria e estímulo para seguir em frente. A vida corrida, trabalho puxado, estresses diários, dificuldades financeiras, sonhos frustrados, famílias modernas e cada vez mais complicadas (ou até a distância dessas famílias) dão um novo rumo na vida dos jovens trabalhadores de hoje: A procura da inspiração.
Falando de modo geral. Sem especificar profissão, preferências e habilidades, todos estamos à procura de coisas novas que deem sustento às nossas imaginações que, por conta da falta de tempo para lazer ou até mesmo de praticar hobbies, acabam se acumulando.
O primeiro lugar que todos nós sempre vamos procurar algo do tipo é a internet. Afinal, nesse mundo de informações e imagens que encontramos pessoas, palavras, textos, projetos, notícias, informações, explicações e muitas fotografias, quase tudo é de graça. No entanto, mesmo que essas ferramentas nos ajudem, como blogs, mini-blogs ou podcasts, não é aqui (no virtual) que a inspiração nasce. Ela nasce dentro de nós. Nossa capacidade de seleção precisa ser treinada; se não, nossa mente fica desorganizada em meio a tantas referências.
joel_robison_1.jpg
foto: Joel Robison

joel_robison_2.jpg

foto: Joel Robison
É de dentro para fora que tudo acontece e, muitas vezes, nós nem percebemos. Quando procuramos algo para nos dar apoio, como alguma imagem que nos dê mais vontade de viver, sorrir ou trabalhar, estamos, na verdade, vasculhando o nosso acervo imagético, onde todas as nossas informações estão armazenadas, mas somente depois de muito estímulo visual, elas são postas para fora.
Puxando um pouco para minhas experiências, uma coisa que sempre faço é deixar, por algum tempo, a boa fotografia de lado. Estou há messes sem fotografar por prazer e me concentrando apenas em jobs, nas fotos que tenho para editar e entregar, nos textos que tenho para fazer… Minhas inspirações vão se acumulando de uma forma que, quando encontro uma fonte que me dá um estalo para meu acervo imaginário, quase piro!
Diante dessa pequena reflexão, deixo um estímulo a todos para procurar olhar de dentro para fora, em suas memórias, lembranças de quando era criança, vontades de quando era adolescente e pensar que os sonhos ainda podem se realizar sem esquecer de observar as coisas com olhos do coração.
joel_robison_4.jpg
foto: Joel Robison

joel_robison_5.jpg

foto: Joel Robison
Artigo de:

helosacaraujo.jpgHelosa Araújo | @HelosaCAraujo

Fonte: Fotografe uma Ideia